Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Estevão Ribeiro de Resende, marquês de Valença

Publicado: Quinta, 01 de Novembro de 2018, 13h54 | Última atualização em Terça, 13 de Novembro de 2018, 14h27 | Acessos: 35

Nasceu no arraial dos Prados, comarca do Rio das Mortes, Minas Gerais, em 20 de julho de 1777. Formou-se em direito na Universidade de Coimbra, Portugal, em 1803. Foi juiz de fora em Palmela (1806), Portugal, além de ter recebido um cartório em São João del-Rei, Minas Gerais, por serviços prestados. No Brasil, exerceu diversas funções na magistratura, entre elas a de juiz de fora em São Paulo (1810), fiscal dos diamantes em Serro Frio, Minas Gerais (1813), e desembargador da Relação da Bahia (1814). Ocupou ainda o cargo de ajudante do intendente-geral da polícia (1817), chegando a intendente-geral da Polícia da Corte (1823), desembargador da Casa da Suplicação (1818) e superintendente-geral dos contrabandos (1821). Nomeado para o Conselho dos Procuradores-Gerais das Províncias (1822), elegeu-se deputado constituinte (1823). Tornou-se ministro do Império (1824) e ministro de Estado dos Negócios da Justiça (1827). Recebeu os títulos de barão, conde e marquês de Valença. Morreu no Rio de Janeiro em 8 de setembro de 1856.

 

Fonte

CABRAL, Dilma et al. Ministério da Justiça 190 anos: justiça, direitos e cidadania no Brasil. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2012.

 

Fim do conteúdo da página