Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

João Lustosa da Cunha Paranaguá, marquês de Paranaguá

Publicado: Terça, 23 de Abril de 2019, 12h35 | Última atualização em Quinta, 28 de Março de 2019, 13h12 | Acessos: 40

Nasceu na freguesia de Nossa Senhora do Livramento de Paranaguá, Piauí, em 21 de agosto de 1821. Formou-se pela Faculdade de Direito de Olinda em 1846. Ocupou diversos cargos na magistratura, aposentando-se como desembargador (1878). Foi presidente das províncias do Maranhão (1858), Pernambuco (1865) e Bahia (1881). Elegeu-se deputado provincial em 1848 e deputado geral por sucessivos mandatos a partir de 1850. Foi também senador (1865) e membro do Conselho de Estado (1879). Durante o Segundo Reinado, além de ocupar por duas vezes a Secretaria de Estado dos Negócios da Justiça (1859-1861 e 1866), foi ministro dos Negócios Estrangeiros (1885), da Fazenda (1882) e da Guerra (1866 e 1879). Em 1882 exerceu ainda um dos cargos mais importantes da política nacional, o de presidente do Conselho de Ministros. Recebeu o título de marquês de Paranaguá (1888) e afastou-se da política após a Proclamação da República. Morreu no Rio de Janeiro em 9 de fevereiro de 1912.

 

Fonte

CABRAL, Dilma et al. Ministério da Justiça 190 anos: justiça, direitos e cidadania no Brasil. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2012.

Fim do conteúdo da página