Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Publicações > Assuntos > Produção > Publicações > Biografias > José Correia Picanço, barão de Goiana
Início do conteúdo da página

José Correia Picanço, barão de Goiana

Acessos: 3940

Nasceu na vila de Goiana, então capital de Pernambuco, em 10 de novembro de 1745. No Recife, aprendeu a profissão de cirurgião-barbeiro com o pai e, aos 21 anos, foi nomeado cirurgião do Corpo Avulso de Oficiais de Ordenança dos Estrados e Reformados por Antônio de Souza Manoel de Menezes, conde de Vila Flor, governador da capitania. Licenciou-se em cirurgia na Escola Cirúrgica do Hospital São José, em Lisboa e, em seguida, viajou para a França, onde, em 1768, obteve o grau de Officier de Santè pela Universidade de Montpellier. De volta a Portugal, em 1772, ingressou na Universidade de Coimbra como lente da cadeira de Anatomia. Retornou a Montpellier para obter o título de doutor em medicina e, após sua conclusão, reassumiu seu cargo na Universidade de Coimbra, de onde se jubilou em 1790. Exerceu diversos outros cargos em Portugal, foi cirurgião-mor dos Exércitos do Reino, cirurgião da Real Câmara, primeiro médico da Casa Real e do Conselho de d. João e deputado da Real Junta do Protomedicato. Participou da junta médica que, em 1792, examinou e declarou insana a rainha d. Maria I. Em 1808 veio para o Brasil com a família real, tendo sido nomeado cirurgião-mor do Reino. Foi o principal responsável pela implantação do ensino de anatomia e cirurgia no Brasil, criando uma escola na Bahia, em fevereiro, e outra no Rio de Janeiro, em novembro de 1808, no Hospital Militar do Morro do Castelo. Foi-lhe atribuída a realização da primeira cesariana no Brasil, em 1817. Recebeu de d. João, em março de 1821, o título de barão de Goiana. Autor da obra Ensaio sobre os perigos das sepulturas dentro das cidades e nos seus contornos, publicada pela Impressão Régia, em 1812. Morreu no Rio de Janeiro, em 1824.


Bibliografia
MAIA, George Doyle. Biografia de uma faculdade: histórias e estórias da Faculdade de Medicina da Praia Vermelha. Rio de Janeiro: Universidade Federal do Rio de Janeiro, 1995.

PEREIRA, Heloísa Helena. A arte de curar: medicina no Brasil. Rio de Janeiro: AC&M Ltda., 2002.

VASCONCELLOS, Ivolino de. O conselheiro doutor José Correia Picanço, fundador do ensino médico no Brasil. Revista do IHGB, Rio de Janeiro, v. 227, abr.-jun., p. 237-261, 1955.

Fim do conteúdo da página