Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Publicações > Biografias > Manuel Antônio Galvão
Início do conteúdo da página

Manuel Antônio Galvão

Publicado: Terça, 08 de Janeiro de 2019, 11h17 | Última atualização em Quinta, 17 de Janeiro de 2019, 15h47 | Acessos: 164

Nasceu em Salvador, Bahia, em 3 de janeiro de 1791. Formou-se em direito na Universidade de Coimbra, Portugal, em 1819. Atuou como juiz de fora em Goiás (1820), ouvidor em Mato Grosso (1826) e desembargador do Tribunal da Relação da Bahia (1827). Tomou posse na Casa de Suplicação da Corte (1828), mas voltou para sua província natal e reingressou na Relação da Bahia, da qual foi presidente (1840), aposentando-se como membro do Supremo Tribunal de Justiça (1848). Pela Bahia, foi deputado constituinte (1823), deputado provincial (1826), deputado geral (1843) e senador (1844). Presidiu as províncias de Alagoas (1829), Espírito Santo (1830), Minas Gerais (1831), Rio Grande do Sul (1831 e 1846) e Bahia, interinamente (1835). Assumiu por duas vezes a Secretaria de Estado dos Negócios do Império (1839 e 1840) e foi ministro da Justiça (1844-1945), quando também passou a integrar o Conselho de Estado. Foi agraciado com os títulos de cavaleiro (1828) e comendador (1831) da Imperial Ordem de Cristo. Morreu no Rio de Janeiro em 21 de março de 1850.

 

Fonte

CABRAL, Dilma et al. Ministério da Justiça 190 anos: justiça, direitos e cidadania no Brasil. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2012.

Fim do conteúdo da página