Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Francisco de Assis Rosa e Silva

Publicado: Terça, 18 de Junho de 2019, 12h20 | Última atualização em Terça, 18 de Junho de 2019, 12h15 | Acessos: 67

Nasceu em Recife, Pernambuco, em 4 de outubro de 1857. Advogado, formou-se pela Faculdade de Direito do Recife em 1877. Filiou-se ao Partido Conservador e foi deputado provincial (1882), deputado geral (1886) e ministro da Justiça durante o penúltimo gabinete do Império (1889). Após a Proclamação da República, continuou a desempenhar um papel de destaque na política nacional. Fundou o Partido Republicano Federal (PRF) e foi eleito senador por diversos mandatos (1896, 1902, 1915 e 1924), tendo sido vice-presidente da República durante o governo Campos Sales (1898-1902). Concorreu ao governo de Pernambuco em 1911, mas não teve sua vitória reconhecida pela Assembleia Legislativa, que empossou seu adversário, o general Dantas Barreto. No Senado, foi autor do substitutivo que deu origem à chamada Lei Rosa e Silva, de 15 de novembro de 1904, que redefiniu o sistema eleitoral que vigorou até o final da chamada República Velha. Foi dono do jornal Diário de Pernambuco, adquirido em 1901 e vendido ao industrial Carlos de Lira em 1913. Morreu no Rio de Janeiro em 1º de julho de 1929.

 

Fonte

CABRAL, Dilma et al. Ministério da Justiça 190 anos: justiça, direitos e cidadania no Brasil. Rio de Janeiro: Arquivo Nacional, 2012.

Fim do conteúdo da página