Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Publicações > Biografias > Augustin César Prouvençal de Saint-Hilaire, Auguste de Saint-Hilaire
Início do conteúdo da página

Augustin César Prouvençal de Saint-Hilaire, Auguste de Saint-Hilaire

Publicado: Segunda, 19 de Dezembro de 2016, 11h05 | Última atualização em Sexta, 13 de Julho de 2018, 19h21 | Acessos: 894

Nasceu em Orleans, França, em 4 de outubro de 1779. De origem nobre, foi enviado para Hamburgo, na Alemanha, por ocasião da Revolução Francesa (1789), onde aprendeu alemão e fez amizade com Karl Sigismund Kunth, colaborador de Alexandre Von Humboldt e Aimé Bonpland, naturalistas que realizaram uma expedição científica pelas Américas (1799-1804). Retornou à França e dedicou-se ao estudo da botânica, tendo sido aluno de Antoine-Laurent de Jussieu (1748-1836), Louis Claude Richard (1754-1821) e René Desfontaines (1750-1833). Especializou-se em morfologia vegetal, tendo se tornado professor de botânica do Museu de História Natural de Paris. Em 1816 chega ao Brasil, integrando a missão extraordinária francesa, comandada pelo duque de Luxemburgo, cujo objetivo era restabelecer as relações entre Portugal e França e resolver a disputa quanto à posse da Guiana, findas as guerras napoleônicas. Financiado pelo governo francês, como viajante naturalista sua função era coletar e analisar diferentes espécies de plantas, além do envio de amostras ao Museu de História Natural, em Paris. Entre os anos de 1816 e 1822, percorreu uma extensa área do território brasileiro, onde hoje se situam os estados de Minas Gerais, Goiás, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, tendo chegado à Província Cisplatina, hoje o Uruguai. Coletou cerca de 30 mil amostras de animais, minerais e plantas, que correspondiam a cerca de 7 mil espécies do total, depositados no Museu de História Natural e na universidade de Montpellier e de Clermont-Ferrand, na França. Em seus diários e cadernos de campo descreveu ainda aspectos de geografia, linguística, zoologia e os costumes e modo de vida das populações das regiões visitadas. Retornou à França em 1822, onde se dedicou ao estudo das coleções organizadas e ao registro de sua jornada, que deram origem a inúmeras publicações científicas e relatos de viagem. Publicou, entre outras, as seguintes obras: Memmoires du Museum d’Histoire Naturelle (1822), Aperçu d’un voyage dans l’intérieur du Brésil, la province Cisplatine et les missions dites du Paraguay (1823), Histoire des plantes les plus remarquables du Brésil et du Paraguay (1824), a obra em três volumes Flora Brasiliae Meridionalis (1825, 1829 e 1832-1833), Plantes usuelles des Brasiliens (1828), Voyage dans les provinces de Rio de Janeiro et de Minas Geraes (1830), Voyage dans le district des diamants et sur le littoral du Brésil (1833), Leçons de botanique comprenant principalement la morphologie végétale (…) (1840), La Morphologie végétale expliquée par des figures (1841); Voyage aux sources du Rio de S. Francisco et dans la province de Goyaz (1847), Voyage dans les provinces de Saint-Paul et de Sainte-Catherine (1851). Foi membro de inúmeras associações científicas, como a Academia Real de Ciências da França, a Sociedade de História Natural (Paris), a Sociedade Lineana (Londres), a Academia de Ciências de Lisboa, a Sociedade de Ciências Físicas de Genebra, a Sociedade de Ciências Físicas de Orleans, o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro (IHGB), como sócio honorário estrangeiro, e a Sociedade de Medicina do Rio de Janeiro. Morreu em Orleans, na França, em 1853.

 

Bibliografia
CURY, Lorelai. Auguste de Saint-Hilaire: viajante exemplar. Disponível em: <https://goo.gl/sVnjK3>   . Acesso em 26 out 2015.

HERBÁRIO VIRTUAL DE A. DE SAINT-HILAIRE. Disponível em: <https://goo.gl/VHmmWF> . Acesso em: 29 jul. 2016.

NEPOMUCENO, Rosa. O jardim de D. João. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2007.

PAIVA, Melquíades Pinto. Os naturalistas no Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro: II – Auguste de Saint Hilaire (1779-1853). Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, v. 173, n.455, p. 227-242, abr./jun.2012.

RIOS, José Arthur. Saint-Hilaire no Brasil. Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, v. 170, n. 444, p. 187-202, jul./set.2009.

VAINFAS, Ronaldo. “Auguste de Saint-Hilaire”. In: VAINFAS, Ronaldo (organizador). Dicionário do Brasil Imperial (1822-1889). Rio de Janeiro: Objetiva, 2002.

Fim do conteúdo da página